sábado, 31 de dezembro de 2016

O renascer das Fénix

Sempre que um novo ano se aproxima, aproximam-se também os esforços para desejar um novo destino, logo após os primeiros segundos da mudança do calendário.
Num conforto desmedido em que se centra toda e muita atenção, somam-se coisas em jeito de balanço dos 365 dias anteriores.

Cada vez mais vejo este dia, o 31 de Dezembro, como a natureza das coisas. O catalisador das mentes. O momento de pausa e recomeço.
Como se um folgo de ar num aquário que em justa medida não permite mais água.

Ainda bem que o é. Que algum dia o seja!

Comecei esta minha reflexão em ironia. É verdade!
Queria toda a tua atenção, para que agora possa questionar-te: O que queres fazer diferente em 2017?

Aguardamos um novo ano, para nos trazer coisas novas. Coisas novas que nós próprios traremos ao novo ano.
E sabemos realmente o quê?

Vale a pena parar e pensar. E se ainda não o fizeste a poucas horas da viragem, mantém a tua energia para festejar a gratidão de tudo o que alcançaste em 2016! O ano começa amanhã, por isso, amanhã ainda vais a tempo de o fazer!
Que não seja a força das 12 passas, que talvez nem gostes, a delinear os objectivos vagos entre goles apressados.
Senta-te sob os raios de sol, com a harmonia do vento e a energia do ser e compromete-te com 12 meses que estão para vir!

A minha mensagem manteve-se no mesmo tom? É verdade!
Queria toda a tua atenção, para que realmente saibas o que vais fazer nos próximos 365 dias, mas principalmente, além dessa fronteira!

Quem queres ser?
Sim... quem queres ser quando no balanço da tua vida?

Planeia as tuas metas com o coração.
Planeia com um rumo, aquele que te leva ao melhor de ti! Vai além do que desejas nas 8 760 horas que aí vem.
Pensa no depois.
E depois disso, então, desenha o caminho da aventura da vida que vais viver nos próximos 525 600 minutos.

Tragas loucura ou sabedoria, olha para ti e encontra os teus sonhos! E porque todos os segundos contam, que sejam 31 536 000 fantásticos de ti!

Com amor,
Judite <3





Sem comentários:

Enviar um comentário