domingo, 27 de março de 2016

E se...

E se...
O mundo fosse quadrado,
O mar fosse amarelo,
O céu fosse aguado,
O chão fosse uma labareda,
O coração fosse de pedra...

Se...

Nesta condição do infinito não saber nem fazer, podíamos perder o melhor que temos. O poder de estar aqui agora, fazer agora, sentir agora.

Enfim... viver agora!

Por vezes podemos sentir a tentação de não arriscar.
Aquela voz que diz os mil e um medos que devemos ter, As mil e uma coisas que temos a certeza que vão correr mal. As mil e uma razões para não ir.

E se deixássemos de ouvir a pequenina voz da audácia?
Aquela que só uma razão, uma certeza e não tem medos.

Se...

Será com todo o gosto, que me acompanha, senhora condição?


Com amor,
Judite <3



Sem comentários:

Enviar um comentário