sexta-feira, 18 de março de 2016

Apenas estar

Há dias que ver o sorriso de alguém é tão inspirador que tudo se transforma numa certeza: de que estamos aqui para ser feliz.
Não basta estar aqui. Mas basta-nos estar aqui com a intenção firme das nossas atitudes. E manifestá-las.

Por vezes, a descer as escadas rolantes do metro... uma viagem interminável, fito os olhares em sentido contrário.
Há rostos, expressões que são tão significativas. E quando devolvo o sorriso, sinto o coração cheio, com a sensação de que tudo ficou maior.
Da mesma forma faz-me feliz ver um sorriso em alguém em que simplesmente cruzei na rua com ar preocupado e apoiei com um olhar e um sorriso.
Quando ajudo a puxar o saco das compras que alguém tem dificuldade em levantar do chão.
O poder de sentir que se deu algo que se podia, a outro alguém que podia menos. Ou que naquele dia pode estar a ter um dia menos bom.

Andamos tantas vezes alienados do que se passa à nossa volta. De que o mundo se estende além de nós.

O que é realmente importante?
O foco no ter e em vez do estar leva-nos para uma distância de tudo o que tem verdadeiramente impacto no nosso lado humano.

Precisamos de parar, respirar. Mas respirar humano. Respirar o som da terra. O aroma das presenças.

Às vezes, tudo o que precisamos é estar aqui e agora!


Com amor,
Judite <3

Sem comentários:

Enviar um comentário