sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Uma hora medieval

Quando passamos na Rua de São Julião, passamos muitas vezes alheios ao que se pode encontrar no interior do n.27.

Depois de passarmos as portadas de madeira, estamos na Taberna os Trobadores. E viajamos no tempo.

Entramos na cave escurecida pelas abóbodas e madeiras pesadas, pelo chão de madeira e a grande lareira.

Zagueando entre as mesas, ao rigor das fatiotas os simpáticos taberneiros, somos recebidos com uma carta tábua espirituosa, quer na escrita, quer na oferta.

 Aqui respira-se o espirito aos sons que nos remetem para épocas longinquas. Por vezes animado com música ao vivo.

Nesta taberna tudo nos encanta.

Se for apreciador de cervejaas ainda encontra um mundo mágico de sabores para experiemntar. Mais comerciais ou artesanais. Estrangeiras ou ortuguesas. A lista de cervejas disponiveis é interessante.

Diga qual a preferência do seu paladar, e seja surpreendido pelo conselho do taberneiro.

Se não for, existem outras e muitas outras coisas para experimentar.

E para acompanhar, desde o humildes tremoços, bem temperados, às tibornas ou às telhas (tábuas) recheadas de sabores portugueses.

Ideal para um final de tarde, ou uma noite diferente. Uma aventura distante, mesmo no centro da cidade.



Boa viagem no tempo!

Com amor,
Judite <3

3 comentários: