segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Real and spicy

Chiado, Largo Rafael Bordalo Pinheiro, final de uma manhã chuvosa de Sábado.
Entro no número 29, ainda sem ocupantes para o almoço.

O som que ecoa no espaço combina com o dia.

Enquanto flutuo nos pensamentos e nas letras das músicas dos BeeGees. Aqueço-me com um café de cereais que me relembra os lanches de pão torrado com manteiga em casa da minha avó materna.

Ouvi muitas vezes o meu pai repetir, nos nossos passeios de Domingos chuvosos, que a melhor banda sonora para os dias de chuva era esta.
Ao som da mesma colectânea que ouvi vezes sem fim, a minha companheira de aventura, a minha irmã, relembra comigo estes episódios.
Rimos saudosas da infância, mas também do sonho de irmos a São Francisco, ainda arrumado na lista do "to do".

Brincamos as duas com estas memórias. Entre outras graças deste sitio.

Sempre que entramos aqui no café, acabamos por provar alguma coisa que nos deixa de curiosidade aguçada na leitura da carta. Hoje foi a vez dela pedir um spice macchiato. Além do picante do paladar acompanhou com uma estranha e enorme malagueta, que deu origem a mais risos e brincadeiras.

Este lugar é óptimo para descontrair em sabores e ocasiões, rodeados de um ambiente decorado com charme.

É um lugar para qualquer horário ou refeição.
É um lugar para horas de tagarelice barulhentas do pequeno-almoço ao jantar nos fins-de-semana.
É um lugar só par a vir beber uma bebida quente no aconchego da esplanada interior sempre aquecida
É um lugar para um copo de vinho a dois.
É para os dias de chuva ou para os dias de sol.
É um lugar para um café com um livro ou para por emails em dia durante a semana. E ainda acompanhar com uma fatia de bolo de chocolate e ainda gulosar com uma bola de gelado de baunilha.

Sempre em surpresa de sabor, um petisco de outros lugares também é bem vindo.



Se estiveres ali pelo Chiado... entra e experimenta.

Com amor,
Judite <3

Sem comentários:

Enviar um comentário