domingo, 28 de fevereiro de 2016

Aquele salão de chá...

É um salão de chá.
É-o na forma em que expõe a sua montra, nas cores e nas peças da casa da avó que nos trazem recordações.
É-o no conteúdo da carta, que nos alegra no conforto doas chás, dos bolos recheados e nas empadas fantásticas.
é-o no seu lindo balcão sob os candeeiros de pendentes.
É-o nas jarras de flores e individuais rendados, quais naperons da nossa infância.
É-o.

Mas depois quebra o conceito.
Nos novos sabores e misturas gourmet das tostas e das opções vegetarianas
Nas saladas diversificadas, que muitas avós não aprovariam, mas que são o nosso novo paladar.
Nos frascos de iogurte com granola e frutas que nos fazem começar o dia com energia.
Com os latões pendurados em forma de arte, anúncios luminosos e bandas desenhadas pintadas na parede.

No Tease, entre a Praça das Flores e a Praça de São Bento, sinto-me em casa.
Quer seja para um pequeno almoço, ou outra refeição deliciosa. Quer para acompanhar um trabalho com uma grande chávena de chá ou café.

Aqui misturam-se gentes.
Os que vem em família para a refeição e convívio.
Os que em turismo, passam para aconchegar o estômago do passeio.
Os que vem por a conversa em dia, com os amigos.
E os trabalhadores nada solitários, que de equipamento na mão, montam o seu pequeno escritório nas mesas mais junto à janela.

É simplesmente agradável. E se agrada, é de repetir vezes e vezes. E eu não me canso de o fazer.


Com amor,
Judite <3




Sem comentários:

Enviar um comentário